Exemplos do VisRel:
  Boleto bancário
  Cadastro de produtos com cabeçalho automático
  Cadastro de produtos com alteração de dados no cabeçalho
  Etiquetas adesivas
  Gráfico de faturamento
  Gráfico de vendas
  Criar planilhas do Excel ou alterar planilhas já existentes
  Linha de comando do modo gráfico no NetExpress
  Modo texto com 80, 160 ou 220 colunas
  Rotinas de exemplo para o Cobol 4.5
  Exemplo de utilização com o Delphi 7.0
  Exemplo de utilização com o C# (CSharp)
  Exemplo de bordas arredondadas
  Enviar e-mail com qualquer anexo
  Criar layouts complexos usando o deslocamento de bandas

Comentários:

Sugiro utilizar o modo matricial (/M) apenas para imprimir relatórios já existentes, por exemplo, gravar em arquivo aqueles que eram impressos diretamente na LPT1 e passar o arquivo por parâmetro ao VisRel, ou então quando precisar imprimir “somente texto” de forma rapida nas antigas impressoras matriciais.

Digo isso porque no modo matricial (/M) os recursos até de visualização são restritos, ou seja, o usuário não pode alterar a impressora durante a visualização e nem imprimir intervalos de páginas. Isso acontece porque cada impressora tem caracteres de controle e compactação diferentes que causam anomalias na impressão se o usuário selecionar uma impressora diferente, em resumo o desenvolvedor é obrigado a saber em que tipo e modelo de impressora determinado relatório será impresso e quais parâmetros o mesmo deve passar ao VisRel.

Outra opção é utilizar o modo texto (/R), que permite visualizar e imprimir seus relatórios matriciais também em impressoras Jato ou Laser (veja os exemplos).

Já no modo gráfico (/G) o relatório será impresso da mesma forma que outros aplicativos como o Word (veja as telas). Ou seja, o desenvolvedor não precisa preocupar-se com a marca e/ou modelo da impressora, tamanho do papel, cabeçalhos ou rodapés.

Como funciona o modo gráfico (/G):

1º Você usa o VisRelEdit para montar de forma visual o layout do seu relatório (linhas, colunas, cabeçalho, alinhamentos, variáveis do cobol, perfoms, etc) quase como se estivesse usando o Excel;
2º Existe uma opção no VisRelEdit que transforma o layout em código fonte COBOL (que depois será colado e compilado dentro do seu programa), cujo objetivo é gravar uma infinidade de comandos em um arquivo TXT;
3º O programa cobol executa o VisRel passando por parâmetro o TXT recem gravado;
4º O VisRel interpreta os comandos do TXT e monta o relatório.

Parece complicado? Com um pouco de pratica você perceberá que essa sequencia de eventos dá muito poder ao COBOL durante a geração do relatório.

Sugiro que seja seguido o tutorial abaixo para entender o principio de funcionamento de integração “VisRelEdit => COBOL => VisRel”:
http://www.visrel.com.br/Arquivos/Tutorial%20VisRelEdit.doc

Com quase nenhuma programação é possível conseguir resultados satisfatórios “aos olhos do cliente”, que considera hoje em dia mais importante a aparência e funcionalidades (e-mail, visualização) do que os dados apresentados, veja no link abaixo um relatório cadastral:
http://www.visrel.com.br/VisRelCadPro.htm

O relatório acima foi feito visualmente e anexado ao programa Cobol pelo arquivo “CadPro.cpy”. Sugiro fazer dessa forma pois ao alterar qualquer coisa no layout, basta substituir todo o conteúdo desse arquivo pelo código fonte gerado pelo VisRelEdit e recompilar.

No computador de seus clientes instale apenas a Run-Time do VisRel (RunTimeVisRel.exe).

Para evitar alguns dos problemas com permissão de acesso ao registro ou instalação de arquivos no Windows XP SP3 e mais recentes como Vista e Win7, foi criada uma nova opção de instalação na pasta "Instalar no cliente" do VisRelEdit com o nome de "Versão Compacta.zip", com os arquivos abaixo:

VisRel.exe
VisRel.exe.manifest
VisRelPDF.dll
MSMAPI32.ocx
MSWINSCK.ocx
RICHTX32.ocx
vbPDF417.dll
vbZip232.dll

Obs.: Basta copiar esses arquivos para a sua pasta de programas, ou para a pasta C:\Windows do usuário.

IMPORTANTE: Ao utilizar o DialogSystem do NetExpress é necessário adicionar na linha de comando o parâmetro /SV, caso contrário a tela do VisRel pode ficar oculta pelo seu programa. E no caso de relatórios no modo gráfico (VisRelEdit), selecione o menu Configurar - Manter o relatório visível. Isso ocorre devido ao comando "REFRESH-OBJECT" que é disparado depois do comando "RETC".

Veja mais detalhes das linhas de comando do VisRel clicando aqui.


Página Principal Página Principal Página Principal Página Principal Página Principal Comprar Comprar Comprar Comprar Comprar Comprar Contato Contato Contato Contato Contato Contato + Produtos + Produtos + Produtos + Produtos + Produtos + Produtos Download Download Download Download Download Download Sobre Sobre Sobre Sobre Sobre Sobre